aeluisdetaide

  • Full Screen
  • Wide Screen
  • Narrow Screen
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size

artigo_1

O Rip Curl Pro Portugal Powered by TMN, na oitava prova das 10 que compõem o Circuito Mundial, está de volta a Portugal, entre 7 e 18 de Outubro de 2010, em Peniche, localidade que irá constar no Circuito Mundial de Surf 2010 e 2011, devido às excelentes condições para a prática de surf ao mais alto nível.

 

Os melhores surfistas do mundo vão regressar para mais uma prova com o apoio da TMN, mas as atenções voltam-se também para a Supertubos, uma onda poderosa alimentada pelos longos e profundos swells vindos do Oceano Atlântico, que pode chegar aos 5 metros de altura. Por ser tão similar à onda havaiana Banzai Pipeline, muitos surfistas têm apelidado esta onda de “o Pipeline europeu”, tornando Peniche a localidade de eleição para a prática da modalidade.

 

Francisco Spínola, Marketing Manager da Rip Curl Portugal e coordenador do projecto afirma "Estamos muito felizes por estar a realizar este evento novamente. Queremos continuar a fazê-lo todos os anos. É muito encorajador ver o quanto os surfistas, os media e o público apreciam o facto de que os melhores surfistas do mundo, masculinos e femininos, venham surfar as ondas do nosso país. Ao longo da costa existem alguns point breaks realmente extraordinários e ondas incríveis. Estamos mais motivados que nunca para realizar o ASP World Tour em Peniche, mais uma vez, especialmente em Supertubos. É uma onda de classe mundial, é certamente um dos melhores beach breaks do mundo!".

 

A partir dos quartos-de-final e até à final, o Rip Curl PRO Portugal Powered by TMN vai assim poder ser acompanhado em 3D, na posição 281 da grelha de canais do MEO (exclusivo para clientes MEO com óculos e TV 3D compatível).

 

O Rip Curl PRO Portugal Powered by TMN pode também ser acompanhado através do Meo Mobile, da página da TMN no Facebook e do SAPO Vídeos.

 

Rip Curl Pro Search 2009

O Rip Curl Pro Search 2009, evento galardoado com o Prémio Evento Ano 2009 (entregue pelo Turismo de Portugal e pela Deloitte), recebeu mais de 100 mil pessoas e foi alvo de uma cobertura mediática integral e em directo através da televisão, da rádio e da Internet.

 

Aliás, a pensar naqueles que não puderam estar presentes, a Portugal Telecom assegurou a transmissão em directo do evento (webcast - website oficial do evento), tendo registado cerca de 6 milhões de visualizações, sendo estas de 1,500.000 unique viewers e um tempo de visualização médio por IP que rondou os 41 minutos. Esta exposição contribuiu para levar ao Mundo o nome da emblemática cidade de Peniche.

 

No Rip Curl Pro Search 2009, a TMN foi o patrocinador principal dos Trials masculinos e femininos e o presenting sponsor da Expression Session, competição de manobras arrojadas decorrida antes da final masculina. No Rip Curl Pro Search 2009, o prémio foi entregue ao atleta Mick Fanning, consagrado campeão do mundo em 2009.

 

De acordo com a Câmara Municipal de Peniche: "O apoio do Turismo de Portugal e dos patrocinadores, dos quais se destaca a TMN, foi extremamente importante para o êxito alcançado com a realização do Rip Curl Pro Search 2009. Para além dos apoios financeiros que viabilizaram a realização de um evento desta envergadura, a instalação de um conjunto de infra-estruturas de fibra óptica proporcionou uma qualidade de emissão televisiva, através da internet, nunca antes vista em etapas do Campeonato do Mundo de Surf. Esta parceria, que se pretende manter no futuro próximo, será uma das garantias de sucesso do Rip Curl Pro - Portugal 2010.”

 

Supertubos

Supertubos é uma onda poderosa que é alimentada pelos longos e profundos swells vindos do Oceano Atlântico, e pode chegar aos 5 metros de altura. Por ser tão similar à onda havaiana Banzai Pipeline, muitos surfistas têm apelidado esta onda de “o Pipeline europeu”. Durante o Rip Curl Pro Search, em Outubro de 2009, esta onda fantasticamente perigosa, garantiu não só alguns tubos sensacionais, como também algumas lesões mais graves em alguns dos surfistas profissionais (incluindo o atleta Rip Curl, Owen Wright, eliminado na semi-final)